Leia a íntegra desta notícia no site da Caza, administradora de condomínios localizada em Bento Gonçalves/RS, com departamento jurídico próprio e equipe qualificada para auxiliar o síndico e os condôminos no dia a dia do condomínio.

Cuidados para não pagar boletos falsos

15/10/2019

O golpe existe há muitos anos e é frequentemente noticiado pela mídia. Os boletos fraudados podem ser recebidos por e-mail, WhatsApp e Correio, além da possibilidade de haver um malware ou vírus instalado no computador do usuário que altera os dados de um boleto legítimo fazendo com que o pagamento vá para outra conta.

Em virtude das fraudes cada vez mais frequentes, separamos algumas dicas que podem ajudar você a não cair no golpe do boleto falso.

- Não abra seu e-mail em computadores de estranhos. Em computadores de conhecidos, verifique se há um antivírus instalado.

- Evite emprestar seu computador ou contas de e-mail.

- Não abra e-mails de remetentes que você não conhece e evite se cadastrar em newsletters ou fazer cadastros em sites desconhecidos.

- Cuidado com e-mails estranhos de remetentes que você conhece, desconfie de links e anexos presentes na mensagem. Na dúvida, confirme se o e-mail foi mesmo enviado pela pessoa.

- Evite fazer downloads de programas ou aplicativos que prometem executar funções estranhas como "mudar a cor do Facebook". Programas maliciosos ficam inativos até a pessoa gerar um boleto. Ao fazer isso, o programa altera o boleto com informações falsas sem que você perceba.

Antes de efetuar o pagamento de qualquer boleto:

- Confira os dados do beneficiário, que deve ser o seu condomínio OU a Caza (caso seu condomínio ainda não possua CNPJ).

- Verifique se o logotipo do banco e os 3 primeiros dígitos condizem com os boletos recebidos em meses anteriores.

- Preste atenção na qualidade do documento. Boletos falsos costumam ter erros de digitação e formatação.

- No momento do pagamento confira se os dados do beneficiário são os mesmos que constam no boleto.

Paguei um boleto falso, e agora?

- Vá a uma delegacia de Polícia Civil e registre um boletim de ocorrência (BO), levando o boleto e o comprovante de pagamento.

- De posse do BO e de uma cópia autenticada, dirija-se a um Cartório e registre uma Ocorrência Bancária solicitando o reembolso.

- Avise a Caza sobre o boleto falso, para que também possamos tomar as devidas providências.

-----

Informamos que a Caza, atualmente, trabalha EXCLUSIVAMENTE com os bancos Caixa, Sicredi e Sicoob. Informe-se sobre qual banco o seu condomínio utiliza e verifique sempre os dados do beneficiário no momento do pagamento.

O pagamento de boletos fraudados não isenta o condômino do pagamento da quota condominial legítima e nem dos procedimentos cabíveis em caso de atrasos no pagamento. Qualquer dúvida ou divergências em boletos recebidos, entre em contato conosco.